Ritinha Prates recebe R$ 100 mil da Nota Fiscal Palista

A presidente da Associação de Amparo Excepcional Ritinha Prates, Maria Aparecida Nascimento Xavier (Cida), recebeu das mãos da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, Bia Doria, e do secretário estadual da Fazenda e Planejamento, Henrique Meirelles, o cheque simbólico no valor de R$ 100 mil referente ao sorteio da extração número 124 do programa Nota Fiscal Paulista (NFP). A entidade foi uma das 10 contempladas neste mês com o montante.

A solenidade foi realizada na segunda-feira, dia 29, na secretaria da Fazenda e Planejamento. Na ocasião, Cida foi escolhida como representante das instituições para usar a palavra. “Em nome de todas as entidades aqui presentes, agradeço, o governo do Estado, por este momento. O nosso trabalho é árduo em busca de recursos que nos permitam prestar serviços de excelência à população da região de Araçatuba. Que bom que podemos contar com a Nota Fiscal Paulista para isso”, comentou a presidente da associação.

Cida lembrou que a Ritinha Prates já foi sorteada em outras extrações da NFP, mas com quantias de menor valor. A entidade está inscrita na NFP desde 2011, e, neste período, faz campanha permanente pela arrecadação de notas fiscais em estabelecimentos comerciais, principalmente supermercados. Em 2018, por exemplo, recebeu R$ 182,6 mil do programa, utilizando o dinheiro para o custeio de despesas, que fecharam o ano em mais de R$ 12 milhões.  

O assessor jurídico Oscar Faria Ramos e a conselheira da associação, Edilza Batista, também estiveram presentes ao evento. A previsão é que os R$ 100 mil sejam liberados para a instituição nos próximos dias.

Nota Fiscal Paulista

A Nota Fiscal Paulista é programa do governo de São Paulo, criado em outubro de 2007, para estimular os consumidores a exigir a nota fiscal na hora da compra. Ao informar o CPF ou CNPJ (no caso de empresas), no momento da compra, parte do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) é revertida em créditos, que podem ser resgatados posteriormente. O acesso pode ser feito pelo site www.nfp.fazenda.sp.gov.br ou pelo aplicativo (disponível para Android e iOS). Podem participar consumidores, entidades sociais, condomínios e empresas optantes pelo regime do Simples Nacional que tenham informado o CPF ou CNPJ ao fazer uma compra. Na hora da compra, o consumidor deve informar o CPF ou CNPJ e pedir a nota fiscal nos estabelecimentos comerciais participantes da Nota Fiscal Paulista. Após os cálculos dos créditos, o consumidor deve aguardar a liberação no sistema para poder fazer o resgate.