Vereador Coronel Guimarães repassa R$ 4 mil à Ritinha Prates

O vereador de Araçatuba (SP), Coronel Guimarães (União Brasil), visitou hoje e repassou R$ 4 mil à Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates. A quantia é referente a uma arrecadação que o parlamentar fez inspirado por um vídeo que é veiculado pela TV Câmara a cada sessão do legislativo local, e que conta a história de 45 anos de serviços prestados pela entidade.

O recurso será utilizado para a compra de uma cama hospitalar, cuja aquisição foi alvo de campanha ao longo do ano passado. Guimarães foi recepcionado e acompanhado na visita pelo diretor César Américo do Nascimento e pelo assessor jurídico Oscar Farias Ramos. O vereador diz que a visita presencial o deixou ainda mais sensibilizado.  

A diretoria da associação agradeceu o ato solidário, lembrando que que os repasses do SUS (Sistema Único de Saúde) arcam com aproximadamente metade das despesas do hospital neurológico, sendo que o restante é fruto de doações, emendas parlamentares, eventos. Além disso, por causa da pandemia, o número de doadores caiu cerca de 6% nos últimos dois anos e os custos aumentaram.

“Foram aproximadamente 1000 doadores a menos. Essa perda é muito significativa para a nossa entidade, ainda mais se levarmos em conta que as despesas aumentaram de forma significativa durante a pandemia, sendo que praticamente todos os nossos insumos ficaram mais caros”, explicou o diretor César Américo.

A Ritinha Prates

Sem fins lucrativos, a Associação de Amparo do Excepcional Ritinha Prates existe desde 1977, e trabalha na área da saúde e inclusão social, por meio do Hospital Neurológico Ritinha Prates, com a prestação de serviços especializados a pessoas com deficiências neurológicas profundas e irreversíveis. Atualmente, atende 60 usuários internos. A entidade também é a mantenedora do Centro Especializado em Reabilitação III – Ritinha Prates (CER III Ritinha Prates), que presta cerca de 500 atendimentos ambulatoriais por mês nas áreas física, auditiva e visual.

A entidade conta ainda com uma UCP (Unidade de Internação em Cuidados Prolongados), que possui 24 leitos destinados ao acompanhamento de usuários com quadro clínico estável, mas que necessitam permanecer sob cuidados especializados por mais tempo. 

Entre os valores da associação, que atende exclusivamente por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), usuários de 40 municípios vinculados ao DRS-2 (Departamento Regional de Saúde), está o tratamento humanizado, além do respeito a conceitos éticos, morais, ambientais e filantrópicos.