Ritinha Prates recebe R$ 160 mil do Instituto Credicitrus

A Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates, de Araçatuba (SP), recebeu hoje (15) do Instituto Credicitrus um cheque simbólico referente a um repasse de R$ 160 mil. O recurso é específico para a compra de uma lavadora extratora com capacidade para 60 quilos de tecidos. O equipamento, mais moderno que os atuais existentes na lavanderia da entidade, vai proporcionar economia de tempo, água, eletricidade e gerar renda para a organização por meio da materialização de ideias com visão de empreendedorismo de impacto social.

“Essa lavadora, que nós já encomendamos, lava maior quantidade de roupa, em menos tempo, e centrifuga tudo. Ela reduz de quatro procedimentos que realizamos atualmente para apenas um. Isso quer dizer que a economia de água e eletricidade será reduzida de forma significativa. Vale lembrar que, além das atividades internas, prestamos serviços de lavanderia para organizações externas, o que gera renda para a associação, com a lavadora, seremos mais eficazes”, afirma a encarregada de serviços gerais e da lavanderia, Ângela Ribeiro.

Segundo a presidente do Instituto Credicitrus, Maria Tereza de Souza Lima Uchôa, os projetos de geração de renda trazem sustentabilidade econômica, um importante passo para a independência financeira e transformação alinhada a agenda ESG. O Instituto Credicitrus tem como propósito construir oportunidades e transformar vidas. Portanto, acreditamos e investimos em ações que caminham na direção do desenvolvimento sustentável”, salienta a presidente.

A entrega do documento ocorreu na agência do Sicoob Credicitrus de Araçatuba, e foi realizada pelo gerente da unidade, Lucas Volpi. Estiveram presentes a presidente da Ritinha Prates, Vanilda Maria Barboza (Vanda), o diretor César Américo do Nascimento, o conselheiro jurídico Oscar Farias Ramos, e a administradora hospitalar Daniele Grizolli.

Juntos desde 2017

A parceria entre a Ritinha Prates e o Sicoob Credicitrus começou em 2017, quando a entidade de responsabilidade social destinou recursos para o projeto Construindo Sonhos, e foram compradas uma cadeira digitalizada para um usuário e um iPad para atendimentos de fonoaudiologia. De lá para cá, todos os anos, a associação tem pelo menos um projeto a cada 12 meses selecionado.

Entre eles está o Sabor Solidário, no qual foi montada uma cozinha terapêutica para os usuários do hospital neurológico, e o Cozinha para Todos, para a compra de equipamentos para a cozinha hospitalar. “Somos profundamente agradecidos ao Instituto Credicitrus por mais este repasse de recursos. Esta parceria é fundamental para que continuemos mantendo os serviços de excelência que prestamos”, avaliou Vanda.

O Instituto Credicitrus

O Instituto Credicitrus foi fundado para representar a evolução na política de responsabilidade social e ambiental da Credicitrus e tem por objetivo desenvolver e apoiar ações internas e externas nas áreas educacional, social e cultural.

Também promove iniciativas a favor do consumo consciente, da geração de energia limpa e renovável e da defesa, preservação e conservação do meio ambiente, estimulando o trabalho voluntário, a inovação e o cooperativismo.

O propósito é ampliar a capacidade de fazer o bem, desenvolver o senso de pertencimento nos cooperados da Credicitrus, solidificar o envolvimento do nosso corpo de colaboradores e atuar diretamente nas comunidades onde estamos presentes.

A Ritinha Prates

Sem fins lucrativos, a Associação de Amparo do Excepcional Ritinha Prates existe desde 1977, e trabalha na área da saúde e inclusão social, por meio do Hospital Neurológico Ritinha Prates, com a prestação de serviços especializados a pessoas com deficiências neurológicas profundas e irreversíveis. Atualmente, atende 60 usuários internos.

A entidade também é a mantenedora do Centro Especializado em Reabilitação III – Ritinha Prates (CER III Ritinha Prates), que presta cerca de 500 atendimentos por mês. Nos dois equipamentos são atendidos usuários de 40 municípios vinculados ao DRS-2 (Departamento Regional de Saúde).

No ano passado, a entidade iniciou os trabalhos da UCP (Unidade de Internação em Cuidados Prolongados), que conta com 24 leitos destinados ao acompanhamento de usuários com quadro clínico estável, mas que necessitam permanecer sob cuidados especializados por mais tempo. Na unidade são atendidos usuários de 11 municípios da área central da DRS-2 (Departamento Regional de Saúde).

Entre os valores da associação, que atende exclusivamente por meio do SUS (Sistema Único de Saúde) está o tratamento humanizado, além do respeito a conceitos éticos, morais, ambientais e filantrópicos.