Ritinha Prates lança campanha para estimular o voluntariado

A Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates, de Araçatuba (SP), lançou uma campanha para estimular o voluntariado. Intitulada “Sou Voluntário do Ritinha”, a ação visa chamar as pessoas para participarem dos eventos e das demais campanhas que a entidade promove.

A presidente Vanilda Maria Barboza (Vanda) explica que um grupo foi criado nas redes sociais da associação e, por meio dele, os interessados podem compartilhar os projetos e ações da entidade com os seus amigos e seguidores, fazendo com que mais pessoas conheçam o trabalho da Ritinha Prates.

“A ideia é que quanto mais pessoas conhecerem o nosso trabalho, mais se interessarão em ajudar, seja com doações ou com serviços voluntários”, diz. Atualmente, segundo Vanda, 60% dos serviços prestados pelos três equipamentos mantidos pela associação (Hospital Neurológico, Centro Especializado em Reabilitação – CER – e Unidade de Cuidados Prolongados – UCP) são custeados pelo SUS (Sistema Único de Saúde), sendo que os 40% restantes são frutos de doações, de pessoas físicas ou jurídicas, assim como arrecadações em eventos.

“A nossa entidade sempre contou com o apoio de voluntários que iam presencialmente nos ajudar. Entretanto, com o passar dos anos e agora, por conta da pandemia da Covid-19, esse número foi sendo reduzido drasticamente”, explica Vanda. Ela destaca que a entidade conta com o trabalho voluntário para divulgar as atividades desenvolvidas, e entende que, pelo menos com esse serviço feito de forma virtual, de compartilhar conteúdos, mais pessoas se interessem em colaborar com a associação.

O trabalho voluntário agrega também a cada pessoa que se dedica a fazê-lo. “Além de ser um benefício para quem recebe esse auxílio, o trabalho voluntário também é benéfico para quem o pratica”, ressalta Vanda.

Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), o voluntariado é uma expressão básica das relações humanas. Vanda ressalta que uma sociedade saudável é aquela na qual cidadãos se engajam na transformação e no conhecimento da vida de outro cidadão que necessita de ajuda.

A Associação

A Ritinha Prates (AAERP) existe desde 1977 e trabalha na área da saúde e inclusão social, por meio do Hospital Neurológico Ritinha Prates (HNRP), com a prestação de serviços especializados a pessoas com deficiências neurológicas, auditiva, física e visual. Atualmente, o Hospital atende 60 usuários em regime de internação hospitalar (cuidados de longa permanência).

Em março deste ano, a entidade iniciou os trabalhos da UCP (Unidade de Internação em Cuidados Prolongados), que conta com 24 leitos destinados ao acompanhamento de usuários com quadro clínico estável, mas que necessitam permanecer sob cuidados especializados por mais tempo. Na unidade são atendidos usuários de 11 municípios da área central da DRS-2 (Departamento Regional de Saúde). A entidade também é a mantenedora do Centro Especializado em Reabilitação III – Ritinha Prates (CER III Ritinha Prates), que presta cerca de 500 atendimentos ambulatoriais ao mês, nas especialidades auditiva, visual e física, para 40 municípios da região de Araçatuba.

Como participar?

Para participar do grupo de voluntários, basta acessar https://www.facebook.com/groups/1550307905306754 e clicar no botão “Entrar”. “É apenas um clique, e que pode ajudar a todos os nossos usuários e estimular ainda mais parceiros”, finaliza a presidente da entidade.