Todos os colaboradores da Ritinha Prates estão vacinados contra a Covid-19

Todos os colaboradores da Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates, de Araçatuba (SP) receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. O mesmo ocorreu com os usuários do hospital neurológico, com exceção de uma usuária que é menor de idade.

No primeiro dia de vacinação, 25 de janeiro, foram imunizadas na própria entidade 139 pessoas, sendo 60 usuários e 79 profissionais, entre médicos, enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem e monitores, além de integrantes da equipe multidisciplinar (assistente social, fisioterapeutas, fonoaudióloga, psicóloga e terapeuta ocupacional) que lidam diretamente com os usuários.

 No segundo dia, 2 de fevereiro, também na entidade, mais 31 colaboradores receberam a vacina, sendo 15 profissionais do CER (Centro Especializado em Reabilitação), dos setores de assistência social, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, pedagogia, psicologia e terapia ocupacional, mais 16 profissionais do hospital neurológico, dos setores de enfermagem, farmácia, lavanderia e limpeza.

O restante dos profissionais da entidade recebeu a primeira dose da vacina em postos fixos instalados nos dois shoppings do município, nos dias 3 e 4 de fevereiro. De acordo com a presidente da associação, Vanilda Maria Barboza (Vanda), a expectativa agora é para a aplicação da segunda dose. “Embora tenhamos tomado absolutamente todos os cuidados recomendados pelas autoridades de saúde, a ansiedade era enorme pela vacinação. Não podemos e não iremos relaxar os protocolos de biossegurança, mas é fato que a vacina melhora a situação de todos”, diz Vanda.

A Entidade

Sem fins lucrativos, a Associação de Amparo ao Excepcional Ritinha Prates (AAERP) existe desde 1977, e trabalha na área da saúde e inclusão social, por meio do hospital neurológico, com a prestação de serviços especializados a pessoas com deficiências neurológicas profundas e irreversíveis. Atualmente, atende 60 usuários internos. A entidade também é a mantenedora do Centro Especializado em Reabilitação III – Ritinha Prates (CER III Ritinha Prates), que presta cerca de 500 atendimentos por mês.

Entre os valores da associação, que atende exclusivamente por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), usuários de 40 municípios vinculados ao DRS-2 (Departamento Regional de Saúde), está o tratamento humanizado, além do respeito a conceitos éticos, morais, ambientais e filantrópicos. A associação fica na rua Wandenkolk, 2.606, no bairro Roseli, em Araçatuba (SP), CEP 16075–050. Mais informações sobre a entidade podem ser obtidas pelo telefone (18) 3117-3627 e pelo site www.ritinhaprates.org.br.