Ritinha Prates realiza a 2ª Semana Recreativa

O Hospital Neurológico Ritinha Prates, de Araçatuba (SP), começou nessa segunda-feira a sua 2ª Semana Recreativa. O evento será realizado também nos dias 23, 26 e 27. O evento é organizado pela equipe técnica do Hospital (fisioterapia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, psicologia e nutrição) e neste ano vai contar com várias atividades, como pesca, boliche adaptado, teatro de fantoches, olimpíada cognitiva e pintura facial.

Para a fisioterapeuta do Hospital, Priscila Martins, “a semana recreativa tem como objetivo tirar os usuários da rotina habitual, proporcionando atividades diferentes das que são realizadas diariamente. A escolha das dinâmicas visa abranger todos os usuários e explorar o potencial de cada um deles de uma forma leve e divertida”.

Ainda, de acordo com a fisioterapeuta, os benefícios em relação às atividades propostas incluem a integração do usuário, concentração, estímulos visuais, auditivos e táteis; linguagem, memória, coordenação motora, auto estima, iniciativa e persistência. Trabalhando de uma forma lúdica onde eles podem ser estimulados e também se divertir.

Programação

- 22/07 (16h) – Pesca com Imã Ivanete, Fabiana, Solene, Carlos A., Nivaldo, Junior, Aderlan, Moisés e Samira.

- 23/07 (16h) – Boliche Adaptado Elaine, Osvaldo, Anilo, Maira, Erica, Cristiano M., Júlio, Escobar, Jucelene, Ariel e Emilly.

- 25/07 (16h) – Teatro de Fantoches Marcia, Patricia T., José A., Paulo S., Fernanda, Cristiano C., Vinicius, Ana Carolina, Emilly e Vanderlei.

- 26/07 (Período da tarde) – Olímpiada Cognitiva L. Izaac e Pedro F. Pintura Facial Todos podem participar.

A Entidade

Sem fins lucrativos, a Associação de Amparo do Excepcional Ritinha Prates (AAERP) existe há 42 anos trabalha na área da saúde e inclusão social, por meio do Hospital Neurológico Ritinha Prates (HNRP), com a prestação de serviços especializados a pessoas com deficiências neurológicas profundas e irreversíveis. Atualmente, atende 60 usuários internos. A entidade também é a mantenedora do Centro Especializado em Reabilitação III – Ritinha Prates (CER III Ritinha Prates), que presta cerca de 500 atendimentos por mês.

Entre os valores da associação, que atende exclusivamente por meio do SUS (Sistema Único de Saúde), usuários de 40 municípios vinculados ao DRS-2 (Departamento Regional de Saúde), está o tratamento humanizado, além do respeito a conceitos éticos, morais, ambientais e filantrópicos.